5 criptomoedas para investir em 2020

 5 criptomoedas para investir em 2020


Não há dúvida de que o ano de 2020 será um marco na história das criptomoedas:

O próximo halving do BTC, a chegada da era ETH 2.0, possível lançamento do token do banco central da China e da Europa, nova eleição presidencial nos EUA, a tensão no Oriente Médio…

Diante da grande instabilidade econômica, alguns investidores podem ficar sem saber quais moedas comprar.

Se você ainda não encontrou uma boa resposta, vale a pena dar uma olhada nessas 5 criptos:

1) Bitcoin 

Completando 11 anos de atuação, o Bitcoin atualmente domina 70% do mercado de criptomoedas.

Confira os motivos para investir em BTC no ano de 2020:

Mais um halving chegando

O 3º halving do BTC ocorrerá em maio de 2020, podendo empurrar o preço para um novo patamar:

  • O halving diminuirá pela metade a emissão de Bitcoins, criando um desequilibro entre oferta e demanda e consequentemente, o preço poderá aumentar.
  • O halving aumentará a dificuldade da mineração de Bitcoins, deixando a mineração menos lucrativa. Nesse sentido, os mineradores sempre apostam na valorização do Bitcoin, já que o aumento do preço pode compensar a perda na mineração. Como os mineradores têm acumulado grande fortuna ao longo do tempo, parece que todos já chegaram a um consenso que o halving de Bitcoin pode empurrar seu preço para uma nova alta, assim, o FOMO trará mais possibilidade para sua valorização contínua.

É notável que a valorização de BTC deve iniciar antes do halving, conforme o histórico dos últimos dois halvings.

Pensando nisso, você pode começar a montar sua posição em Bitcoin, aguardar a alta chegar e vender no momento apropriado para reduzir o risco.

Reserva de valor digital

Weiss Crypto Ratings considera o Bitcoin como uma reserva de valor digital, cujo valor cresce perante a instabilidade do cenário internacional.

  • Conflito geopolítico: entrando em 2020, o grau de aversão ao risco a nível mundial aumentou significativamente devido à tensão no Oriente Médio.
  • Receio de recessão global: o Bitcoin registrou ganhos de 16% em 2020 e o ouro alcançou a maior cotação nos últimos sete anos, US$ 1610.

2) BCH

O BCH é um token derivado do BTC no processo de hardfork, sendo assim, seu preço possui uma grande correlação com o do Bitcoin.

A altura dos blocos de BCH é ligeiramente maior que a de BTC, em consequência, o halving de BCH chegará mais cedo, previsto para o dia 6 de abril de 2020.

O BCH está se recuperando, com uma valorização de 47,26% desde o início do ano.

3) BNB

O ano de 2019 foi considerado como um ano de PUMP para tokens de exchanges, entre os quais alguns obtiveram desempenho incrível e estão entre as 20 criptos mais valorizadas no mundo, já que investidores acreditam que os preços são garantidos pelas próprias exchanges.

BNB, um token de valor mobiliário:

BNB teve forte valorização em 2019 e seu preço multiplicou  8,5 vezes, seu valor de capitalização subiu do 861° lugar para o 8° lugar, resultado do lançamento do módulo  inovador “oferta inicial de intercâmbio” (IOE).

Entrando no mercado com preço inicial de 1 centavo americano em julho de 2017, a BNB alcançou sua maior alta em junho de 2019 com cotação na casa dos US$ 39,57.

Fazer HODL de BNB pode ser uma boa estratégia.

Em 2020, a BNB deve continuar a ganhar força junto com a expansão da Binance.

4) Tezos

Tezos é um dos projetos de cadeias públicas que conseguiram sobreviver a acirrada concorrência do mercado.

Em junho de 2017, o projeto Tezos arrecadou US$ 232 milhões durante sua oferta inicial de moedas (ICO), maior financiamento entre todos os projetos de ICO da época.

Em 2019, Tezos iniciou uma forte alta a partir de outubro e subiu de US$ 0,74 para US$ 1,85 em menos de 2 meses, uma valorização de +160% que o colocou nas top 10 criptos mais valorizadas.

Entre todos os fatores favoráveis, o suporte ao staking de Tezos pela Coinbase de certa forma impulsionou o preço para um novo patamar, sendo que a Coinbase é conhecida como uma exchange que conduz análises rigorosas para propostas cooperativas.

Em comparação à sua maior alta alcançada, US$ 12, ainda há um grande caminho a percorrer para Tezos se recuperar. Aliás, pensado em sua reversão de 2019, vale a pena ficar de olho nele em 2020 para não perder boas oportunidades de investimento.

5) MakerMKR

Desde o ano passado, DeFi (Finança descentralizada) tem chamado atenção de cada mais investidores de blockchain, sendo reconhecido como uma nova revolução financeira.

Assim surgiu o Maker, o “banco central” do mercado de empréstimos da DeFi com uma participação de mercado de 49%. As pessoas que tem dificuldade de obter empréstimos nos bancos tradicionais podem recorrer à plataforma do Maker através de hipoteca de ativos digitais. Sua stable coin DAI é um dos principais ativos de empréstimos no Maker, ocupando 74% no total dos empréstimos já realizados.

O mercado da DeFi cresceu significativamente em 2019. Segundo os dados do DeFireview, o valor de cobertura atingiu US$ 796 milhões em 24 de dezembro de 2019. O valor dobrou em comparação com o de janeiro e o maior valor de cobertura chegou aos US$ 1,72 bilhões no dia 25 de junho.

Sendo uma das 20 criptos mais valorizadas, MKR é o token do sistema Maker e já valorizou 12% desde o início do ano 2020 devido ao desenvolvimento da DeFi.

Acreditamos que existe grande espaço para o desenvolvimento de carteiras da DeFi assim como o mercado de empréstimos da DeFi em 2020, uma vez que grandes exchanges centralizadas vem integrando serviços da DeFi. Por isso, não podemos  excluir a Maker da lista das criptos mais promissoras para 2020.

Por fim, vale relembrar que sempre existe certo risco ao investir em ativos digitais, e de certo modo, o risco poderá multiplicar se você concentrar tudo em uma única criptomoeda.

Diversifique seu portfólio com a NovaDAX!

Todas as informações contidas no artigo não podem ser consideradas conselhos de investimento.


Tags: #NovaDAX #Bitcoin #Blockchain #Comprar Bitcoin #Criptomoedas #binance #bitcoin cash #tezos #maker


Compartilhar

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas